quarta-feira, junho 28, 2017

Eu queria

Eu queria estar tranquila. E todos esses dias eu tenho me saído bem quando tento não pensar em você. Apesar de frequentemente sentir teu cheiro de uma forma tão real nos meus sonhos, eu costumo seguir meu dia respirando fundo e tentando me distrair. Mas hoje, especialmente hoje, o ócio ocupou minha agenda e eu me peguei pensando no quanto tudo deu errado porque eu quis que fosse assim. Eu me distanciei e esfriei nosso convívio de propósito, porque eu tinha medo do que podia acontecer. A culpa não é sua se você entendeu o recado.
E hoje eu fico me sentindo tão mal por ter mil pessoas querendo estar comigo agora e eu só pensando em você. Eu poderia convidar com uma mensagem qualquer pessoa para estar comigo hoje, menos você. No entanto, a única imagem que eu queria ver agora era a sua, entrando pela minha porta e comentando como meu novo apartamento fica "bem no meio do fluxo" e que o prédio é minha cara.
Eu peguei todas as suas gírias pra mim e isso me entristece por não ter sido proposital. Não existe um dia em que eu não pense em você e deseje ler seu nome na tela inicial do meu celular com o ícone de nova mensagem. E eu fico bolando mil maneiras de chamar a sua atenção e nunca dá certo... Cada dia você tá mais longe.
Eu achei que tudo isso fosse passar depois de um tempo. Mas aquele dia em Porto Alegre já faz tanto tempo. A última vez em que eu vi você saindo do meu quarto enquanto fazia palhaçadas ainda tá tão viva na minha memória que parece ter sido hoje de manhã. Mas não foi.
Eu queria voltar no começo de tudo e reviver todas as madrugadas silenciosas que compartilhamos. Eu queria olhar bem no fundo dos teus olhos verdes e te dizer que tava tudo bem se você quisesse se abrir comigo sempre. Eu queria contar todos os meus segredos pra você e te fazer entender que eu estaria lá pra tudo. Mas eu não fiz isso e jamais poderei fazer, porque o passado já foi.
E eu gosto de você mais que tudo atualmente, você é meu assunto favorito, minha canção mais bonita e meu sentimento mais sincero hoje. Mas te amar tanto assim dói. Dói no fundo de tudo que eu sou e já fui um dia.
No fim das contas, eu só queria mesmo era seguir em frente.

Vitória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Talk dirty to me...