quarta-feira, janeiro 01, 2014

Attraversiamo.

Há um turbilhão de pensamentos distintos habitando minha mente agora. No momento, não há a preocupação com estrutura textual alguma, só com a habilidade de passar tudo o que sinto para algum lugar. Registrar.
Está chegando a hora. Cada vez que olho para o céu, posso sentir a liberdade chegando cada vez mais perto de mim. Posso sentir uma conexão inexplicável entre a imensidão do mundo e a imensidão do meu ser. Posso ver-me conhecendo todos os cantos da sensação.
Não é nada pessoal. Não há mágoas, ódio, rancor. Apenas existe um destino traçado, o qual estou fadada a seguir independentemente de qualquer laço amoroso. A vida exige tantas escolhas e a mais difícil que terei de enfrentar está tão perto....
Posso ver os dias passando e o tremor tomando cada vez mais o meu campo de visão. O tremor vem do medo e o medo vem do desconhecido. Para enfrentá-lo, preciso conhecer. E só.
E é isso. Para conseguir o que eu quero, devo querer tão fortemente que deve superar a necessidade de respirar. Deve superar qualquer vontade incontrolável, qualquer amor delirante, qualquer vibração nas têmporas que já existiu.
Respirar e sentir o peso esvair-se.
Attraversiamo.

Vit

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Talk dirty to me...